Últimos dias de inscrições para o Projeto Escolas 2021

out 20, 2020 | Press Releases

Instituições municipais e estaduais de ensino fundamental e médio, de Caxias do Sul, têm até o dia 24 de outubro para garantirem uma vaga. Dez colégios já estão concorrendo

 

Está chegando na reta final o prazo de inscrições para o processo seletivo do Projeto Escolas 2021/2023, da Fundação Marcopolo, que encerra no dia 24 de outubro. Estão aptas para disputar uma vaga escolas municipais e estaduais de ensino fundamental e médio, de Caxias do Sul, que atendam aos critérios do regulamento disponível no site www.fundacaomarcopolo.com.br/projeto-escolas

Após análise dos questionários preenchidos, referentes à 2021 – 2023, serão selecionados cinco semifinalistas para receber a visita técnica da equipe da Fundação Marcopolo, que também entrevistará a gestão. A divulgação da escola vencedora acontecerá em 3 de dezembro de 2020.

Dez instituições já estão na disputa para receber, por três anos, apoio pedagógico e de recursos para o desenvolvimento de ações que estimulem a permanência em turno integral dos estudantes na escola e intervenções na infraestrutura, que melhorem as condições de aprendizagem e integração da comunidade escolar.

A escola contemplada participará do projeto com a EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves, selecionada em 2019, e substituirá a EMEF Rosário de São Francisco, que ficará no projeto até o final deste ano. Neste ano, o Projeto Escolas já investiu até o momento, mais de R$ 520 mil em ambas as instituições.

Durante o período da parceria com a escola Rosário, a Fundação promoveu dezenas de ações e projetos, como: a troca do telhado e de toda a parte elétrica; melhorias na estrutura da secretaria, diretoria, sala dos professores, coordenação pedagógica, biblioteca, sala multiuso e jardim; revitalização nas áreas de Atendimento Educacional Especializado; parque infantil e na área de serviço; reforma do forro e toldo no pátio externo.

 “É impressionante a transformação! A parceria firmada com o Projeto Escolas trouxe ganhos imensuráveis tanto na valorização das pessoas, quanto na estrutura física da nossa instituição”, destaca a vice-diretora da escola, Eliane Soares.

Suporte do Projeto Escolas na pandemia do Covid-19

Com quase duas décadas de existência, o Projeto Escolas já beneficiou mais de 7 mil estudantes de 10 escolas, e nesse ano tão atípico que foi 2020, ele fez ainda mais diferença, nas escolas Rosário de São Francisco e Presidente Tancredo de Almeida Neves. O olhar atento de toda equipe da Fundação Marcopolo às necessidades da comunidade escolar garantiu não apenas o suporte técnico e financeiro, mas principalmente o solidário e afetivo.

Os encontros online e as atividades pedagógicas foram os meios encontrados de manter a aproximação dos estudantes com as escolas. As tarefas desenvolvidas no Complexo das oficinas de Costura, Reciclagem, Coros e Orquestra de Flautas e Grupo de Teatro foram adaptadas e seguem com a participação de quase 130 estudantes.

Na busca por garantir a segurança de toda a comunidade escolar a Fundação confeccionou e distribuiu nas escolas 2 mil máscaras para os professores, pais ou responsáveis que buscavam as lições para serem feitas em casa; 60 máscaras de acrílico; 1 termômetro infravermelho para cada escola; 10 tapetes de higienização para as entradas dos colégios, 135 litros de álcool gel, adesivos educativos e doações de 650 cestas básicas (totalizando mais de 6 toneladas de alimentos) e quase 7 mil marmitas, para a comunidade do bairro Belo Horizonte. Um carro de som da instituição ainda circulou pelas vias das Zonas Norte e Sul, da cidade, conscientizando os moradores sobre a importância do uso das máscaras e a higiene pessoal.

“Poder contar com o Projeto Escolas, por meio de ações efetivas como a doações de máscaras, kit de álcool gel, recursos gráficos impressos, jogos pedagógicos é uma forma de enriquecer a prática pedagógica que está sendo vivida em casa e fomentar a aprendizagem das nossas crianças no enfrentamento desse momento tão difícil”, enfatiza a professora de anos iniciais, da escola Presidente Tancredo de Almeida Neves, Ângela da Silveira.

Please follow and like us: