Plano Safra teve aumento de 15% nas operações de custeio nos dois meses seguintes ao seu lançamento

set 11, 2020 | Press Releases

 Carteira de crédito da Sicredi Pioneira RS teve incremento de R$ 16,6 milhões até agosto deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado

 

         Lançado no dia 30 de junho, durante evento digital promovido pela Sicredi Pioneira RS, o Plano Safra 2020/2021 registrou um aumento de 15% nas operações de custeio para o público Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), abrangendo 470 famílias beneficiadas contra 408, na edição de 2019/2020. Esses números foram computados nos meses de julho e agosto deste ano. Se a análise for feita pela carteira de crédito, a cooperativa chegou à marca de R$ 190 milhões em crédito rural até o mês de agosto, enquanto no mesmo período do ano passado, totalizou cerca de R$ 172 milhões. Dentre os recursos para crédito direcionado, provenientes do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a cooperativa alcançou a marca de R$ 143,9 milhões até agosto/2020, um crescimento na ordem de R$ 16,6 milhões com relação à marca atingida em agosto/2019. 

         “Mesmo com o cenário instável deste ano, os associados seguiram tomando crédito e investindo no desenvolvimento de suas propriedades. A estiagem que aconteceu em algumas regiões causou mais impactos aos produtores rurais que os efeitos da pandemia”, observa a Assessora de Ciclo de Crédito da Sicredi Pioneira RS, Giovana Pistorello. Nesta edição do Plano Safra, houve uma complementação por parte do Governo Federal, pois a liberação dos recursos é um momento muito aguardado pelos produtores rurais, impactando diretamente na tomada de decisões e no cotidiano de suas propriedades.

       O segmento Agronegócio contempla uma das principais matrizes estratégicas da Sicredi Pioneira RS, constituindo-se em atividade propulsora de desenvolvimento social e econômico em boa parte dos 21 municípios de sua área de ação. Na edição 2019/2020 foram financiados recursos de R$ 194 milhões, firmando 2.770 contratos. Pelo Pronaf foram viabilizados R$ 60 milhões, além de R$ 39 milhões pelo Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) e R$ 95 milhões entre os demais, resultando num crescimento 30% superior ao Plano Safra 2018/2019. Pela movimentação financeira levantada nos meses iniciais da edição 2020/2021, a cooperativa acredita que será capaz de suprir às demandas de todos os associados e contribuir ainda mais para o desenvolvimento do agronegócio com os recursos que ainda podem ser disponibilizados até 30 de junho de 2021.

        O agronegócio – e toda cadeia produtiva que o sustenta – cresceu 0,4% no segundo trimestre, comparativamente ao primeiro trimestre deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado vai na contramão da economia brasileira, que sofreu uma queda recorde de 9,7% no mesmo período. Um setor que deve representar o motor da recuperação do país e ainda fortalecer as ações de retomada do turismo regional.

Please follow and like us: