Adri Silva https://adrisilva.com.br Agência de conteúdo Fri, 23 Oct 2020 18:37:22 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.5.1 https://adrisilva.com.br/wp-content/uploads/2020/01/cropped-2212r4e3-32x32.png Adri Silva https://adrisilva.com.br 32 32 9ª GP Vinhos do Brasil bate recorde com 1309 amostras de 144 empresas https://adrisilva.com.br/2020/10/23/9a-gp-vinhos-do-brasil-bate-recorde-com-1309-amostras-de-144-empresas/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=9a-gp-vinhos-do-brasil-bate-recorde-com-1309-amostras-de-144-empresas Fri, 23 Oct 2020 18:36:28 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16729

9ª GP Vinhos do Brasil bate recorde com 1309 amostras de 144 empresas

Nesta edição, organização da maior prova às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado comemora aumento no número de vinícolas, de amostras e de categorias. Certame acontece na próxima semana, de 26 a 29 de outubro

O júri da 9ª GP Vinhos do Brasil (GPVB), formado por 31 renomados profissionais, terá um imenso desafio para a degustação às cegas na próxima semana, de 26 a 29 de outubro, no Hotel Vila Galé, na Lapa, Rio de Janeiro. Isso porque a edição de 2020 bateu todos os recordes: são 1309 amostras catalogadas (814 vinhos, 428 de espumantes e 67 sucos de uva), superando em 22% a edição anterior, 144 vinícolas, de nove estados do país, e 51 categorias.

Os números comprovam a relevância que a maior prova às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado vem conquistando a cada ano, gerando expectativa tanto para quem participa quanto para quem aprecia o vinho nacional. Além da excelente adesão, neste ano o júri avaliará produtos de safras de 2004 a 2020.

O presidente do júri, Marcelo Copello, comenta que “a cada ano o vinho brasileiro ganha em diversidade, seja em castas, estilos ou em novas regiões. A Grande Prova cresce, como vitrine e espelho da evolução de nossa indústria”.

Em sua primeira edição, em 2012, o certame recebeu 284 amostras de vinhos de 46 vinícolas, atingindo em 2019 seu o recorde absoluto de 1072 amostras, com números auditados, sendo 1034 vinhos e 38 sucos de uva, de 122 vinícolas. Na edição de 2020, as vinícolas terão a oportunidade de já apresentarem alguns produtos desta safra, considerada a melhor de todos os tempos. O Espírito Santo é o novo estado que entra na disputa, juntando-se aos já tradicionais participantes: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná e São Paulo.

Sergio Queiroz, jurado e sócio-diretor do Grupo BACO, afirma que este ano será uma GP Vinhos do Brasil bem especial, visto que são 221 amostras de 2018 e 239 de 2020, as melhores safras que o Brasil já registrou. “Serão avaliados vinhos desde 2004 e um número surpreendente de sucos, não vemos a hora de levar esses produtos ao público no nosso evento Vinhos do Brasil que já está marcado para início de 2021, em São Paulo e Rio de Janeiro”.

Conheça os apoiadores da 9ª GP Vinhos do Brasil

Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos Espumantes Sucos e Derivados (Afavin), localizada em Farroupilha (RS); Associação Gaúcha De Vinicultores (Agavi), situada em Flores da Cunha (RS); Associação de Produtores de Vinhos dos Altos Montes (Apromontes), fixada em Flores da Cunha (RS); Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), sediada em Bento Gonçalves (RS); Associação Vinhos da Campanha, estabelecida na fronteira Oeste do RS; Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), situada em Pinto Bandeira (RS); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Uva e Vinho), localizada em Bento Gonçalves (RS); Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul (Fecovinho), fixada em Farroupilha (RS); Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho), com sede em São Roque (SP); Sindicato da Indústria do Vinho, do Mosto de Uva, dos Vinagres e Beb. Derivados da Uva e do Vinho do Estado do Rio Grande do Sul (Sindivinho), sediada em Caxias do Sul (RS); Sindicato da Indústria do Vinho no Estado de Santa Catarina (Sindivinho), instalada em Videira (SC); União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), com sede em Bento Gonçalves (RS); Vinhos de Altitude, instalada em São Joaquim (SC); Instituto do Vinho do Vale do São Francisco (Vinhovasf); e Associação Nacional de Produtores de Vinhos de Inverno (Anprovin), localizada em Caldas (MG).

 

Selo e premiação

A novidade da edição 2020 será a divulgação dos grandes vencedores logo após a conclusão da GP Vinhos do Brasil 2020, em evento no dia 31 de outubro, consagrando a abertura do Rio Wine and Food Festival 2020.

Sobre o Grupo BACO Multimídia

O Grupo BACO Multimídia, idealizador e organizador da Grande Prova Vinhos do Brasil, é uma empresa de comunicação, consultoria e inteligência de mercado que tem na geração de conteúdo e nos eventos sua plataforma de atuação. É responsável pela edição da revista BACO, do Anuário Vinhos do Brasil, entre outros produtos editoriais, além de uma série de eventos no Brasil e no exterior. Destaque para o Rio Wine and Food Festival, que vem sendo realizado há sete anos na cidade do Rio de Janeiro.

 

Confira as 51 categorias

     1.Espumante Brut Branco Champenoise

     2.Espumante Brut Branco Charmat

     3.Espumante Brut Rosé Champenoise

     4.Espumante Brut Rosé Charmat

     5.Espumante Extra-Brut Branco Champenoise

     6.Espumante Extra-Brut Branco Charmat

     7.Espumante Extra-Brut Rosé (Champenoise e Charmat)

     8.Espumante Nature Rosé (Champenoise e Charmat)

     9.Espumante Nature Branco Champenoise

     10.Espumante Sur Lie

     11.Espumante Prosecco/Glera (Charmat e Champenoise)

     12.Espumante Demi-Sec Branco Champenoise

     13.Espumante Demi-Sec Branco Charmat

     14.Espumante Moscatel Branco

     15.Espumante Moscatel Rosé

     16.Espumante Demi-Sec Rosé (Charmat e Champenoise)

     17.Espumante Orgânicos/naturais/biodinâmicos

     18.Espumante Tinto

     19.Branco Chardonnay

     20.Brancos Super Premium

     21.Branco Sauvignon Blanc

     22.Branco Gewurztraminer

     23.Branco Riesling Itálico e Renano

     24.Branco Moscato

     25.Branco Viognier

     26.Branco de Outras Castas

     27.Branco Cortes

     28.Branco Orgânicos/naturais/biodinâmicos

     29.Tinto Cabernet Sauvignon

     30.Tinto Merlot

     31.Tinto Tannat

     32.Tinto Cabernet Franc

     33.Tinto Pinot Noir

     34.Tinto Syrah

     35.Tinto Marselan

     36.Tinto Malbec

     37.Tinto Touriga Nacional

     38.Tinto Alicante Bouschet

     39.Tinto Sangiovese

     40.Tinto Ancellotta

     41.Tinto Petit Verdot

     42.Tinto de Outras Castas

     43.Tinto Cortes

     44.Tinto Super Premium

     45.Tinto Orgânicos/naturais/biodinâmicos

     46.Rosé

     47.Doces e Fortificados

     48.Bag in Box Cabernet Sauvignon

     49.Bag in Box Merlot

     50.Suco de Uva Integral Branco

     51.Suco de Uva Integral Tinto

]]>
Prataviera Shopping disponibiliza experiências comerciais por meio de locações temporárias https://adrisilva.com.br/2020/10/20/prataviera-shopping-disponibiliza-experiencias-comerciais-por-meio-de-locacoes-temporarias/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=prataviera-shopping-disponibiliza-experiencias-comerciais-por-meio-de-locacoes-temporarias Tue, 20 Oct 2020 19:37:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16721

Prataviera Shopping disponibiliza experiências comerciais por meio de locações temporárias

Prata Pop-Up, projeto para lojas que têm interesse em abrir por tempo determinado, tem a intenção de oferecer oportunidade de interação entre a marca e seus consumidores

Em tempos que a reinvenção e a criatividade estão em alta e seguindo tendência mundial de economia compartilhada, o Prataviera Shopping lança no dia 15 de outubro o projeto Prata Pop-Up – lojas temporárias. A intenção é aproximar marcas, tanto grandes como pequenas, de seus consumidores ao promover produtos novos ou sazonais, testar um mercado emergente, queimar estoques e aumentar a consciência de marca, com o grande diferencial de permitir que o negócio mantenha os custos indiretos acessíveis ao locar espaços de varejo.

O projeto antecede a temporada de festas de final de ano, momento ideal para experimentar. Outra vantagem é que as marcas passam a integrar um ambiente de negócios consolidado, qualificado e de grande frequência de público, com custos baixos quando comparados aos de uma loja física permanente, visto que o contrato é por tempo reduzido, mínimo de 10 dias, e determinado, sem dificuldades ou burocracias. A intenção é facilitar a vida do empresário e diminuir consideravelmente os riscos para experimentar um novo fluxo de receita, com produtos e experiências inéditas.

Octávio Dozza, diretor do Prataviera, enfatiza que a ideia do novo projeto do Prataviera Shopping é proporcionar ao público caxiense o acesso constante a novidades e promoções, além de complementar e qualificar sinergicamente o mix de produtos e serviços. “Esse modelo de locações temporárias acompanha a tendência mundial de economia compartilhada, tornando a locação de espaços de varejo cada vez mais acessível, tanto para grandes como para pequenas marcas, mantendo os custos indiretos dentro de um planejamento”, explica.

Estarão disponíveis ambientes no primeiro e segundo andar e o Espaço de Eventos no terceiro andar. São ambientes que variam de 30m² a 200m². Para a locação, será preciso pagamento antecipado. Quanto maior o período, menor será o investimento. Além da temporada natalina, os espaços poderão ser locados para outros momentos especiais do ano, entre eles datas que antecedem volta às aulas, Dia das Mães, Dia dos Pais, ou mesmo ações específicas das marcas, e outras iniciativas que não necessariamente se referem à venda de produto, como pesquisa de mercado.

Atualmente, o Prataviera Shopping conta com 35 operações e em função das restrições de circulação devido à pandemia, tem gerado circulação diária de cerca de seis mil pessoas. “O que temos percebido é que houve redução de aproximadamente 40% do público diário, porém a taxa de conversão tem aumentado, visto que as pessoas que decidem ir ao shopping já estão decididas a comprar algo, o que é muito positivo”, aponta Dozza.

 

WhatsApp para interessados

As marcas interessadas em estar ainda mais próximas do seu público e que tenham interesse em conhecer melhor o projeto, podem entrar em contato por meio do WhatsApp (54) 99953-1669 do Prataviera para esclarecer dúvidas ou mesmo para o agendamento de uma reunião.

]]>
GP Vinhos do Brasil põe a melhor safra da história à prova em momento de recorde de vendas e de consumo https://adrisilva.com.br/2020/10/16/gp-vinhos-do-brasil-poe-a-melhor-safra-da-historia-a-prova-em-momento-de-recorde-de-vendas-e-de-consumo/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=gp-vinhos-do-brasil-poe-a-melhor-safra-da-historia-a-prova-em-momento-de-recorde-de-vendas-e-de-consumo Fri, 16 Oct 2020 19:30:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16715

GP Vinhos do Brasil põe a melhor safra da história à prova em momento de recorde de vendas e de consumo

Edição 2020 do maior certame às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado, além de permitir uma análise criteriosa dos vinhos brasileiros, tem se tornado excelente fonte de referência para consumidores

 

O crescimento surpreendente no consumo de vinhos finos nacionais durante a pandemia, em comparação ao mesmo período do ano passado, mostrou o quanto o mercado nacional ainda tem potencial de expansão nos próximos anos. De acordo com levantamentos realizados por entidades do vinho e consultorias, a alta nas vendas no País variou de 30% a 60%, garantindo bons motivos para toa a cadeia vitivinícola comemorar. Não bastasse, 2020 registrou uma safra histórica em qualidade, o que tem sido motivo de orgulho por parte dos produtores e gerado excelentes expectativas de especialistas e do público que aprecia vinhos, espumantes e sucos de uva.

Diante de tantas boas notícias, a responsabilidade da 9ª GP Vinhos do Brasil a maior prova às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado, cresce a edição. Bruno Vianna, Dip WSET, participará pela terceira vez do time de jurados da GP Vinhos do Brasil e revela que a expectativa só aumenta à medida em que o vinho brasileiro vem evoluindo a passos largos em autoconhecimento, qualificação dos produtores, redução de defeitos, qualidade dos produtos, diversidade de estilos e expansão de áreas produtoras. “Algumas categorias da prova nos colocam interessantes desafios na escolha dos melhores vinhos, embora o objetivo final não se restrinja a uma competição. A safra 2020 está sendo chamada de ‘A Safra das Safras’, sendo considerada pelos produtores a melhor já registrada no País, mostrando-se excepcional para todos os estilos de vinho, devido principalmente à estiagem e à elevada e prolongada amplitude térmica”, comenta.

Bruno confirma que o momento é particular, trazendo aprendizados a todos, visto que se o início da quarentena parecia assustador, o crescimento das vendas deste ano até julho, comparadas às do ano passado, tampouco era esperado nessa dimensão, com os vinhos finos nacionais disparando. “Não tenho dúvidas de que o mercado de vinhos sairá da crise mais forte”, comemora, ressaltando que a GP Vinhos do Brasil é o evento mais importante do país, no sentido de fornecer ao consumidor e ao mercado uma análise abrangente dos vinhos brasileiros disponíveis e oferece um retrato mais real possível do panorama vinícola brasileiro, que vem evoluindo a largos passos, tanto que a cada edição da GP Vinhos do Brasil mudam os destaques e chamam a atenção vinhos de novas procedências, ao mesmo tempo em que alguns se mantém ano a ano com boas avaliações, mostrando consistência, outro importante indicador.

O chef, sommelier e fundador da ABS Brasil, Danio Braga, avalia o momento como favorável para o mercado de vinhos, especialmente por duas situações: a qualidade do trabalho nas vinhas com o crescimento amparado dos produtores em consonância com a sustentabilidade do negócio e alta tecnologia; e a alta do dólar e euro que favorecem as vinícolas nacionais. “Se a safra for realmente histórica precisaremos aguardar um pouco. Pelos vinhos brancos se manifestou ótima, mas para avaliarmos os tintos acho um pouco cedo, aparentemente há grande potencial. Esse tipo de degustação, como da GP Vinhos do Brasil, com um júri de bons provadores, lineares e de forma harmônica, garante respaldo enorme e a massa crítica ajuda evidentemente a indústria do vinho nacional”.

O certame acontecerá no Hotel Vila Galé, na Lapa, no Rio de Janeiro, entre os dias 26 e 29 de outubro, atendendo as criteriosas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de decretos locais, e contará com um júri altamente qualificado, formado por pelo menos 31 especialistas, entre enólogos, sommeliers, jornalistas especializados, proprietários de restaurantes, consultores, professores, diretores de entidades ligadas ao vinho, comandados pelo presidente do júri, Marcelo Copello, e por Sergio Queiroz, sócio-diretor do Grupo BACO, o que garantirá plena confiança aos resultados. Neste ano, o destaque do júri fica por conta no recorde de mulheres avaliadoras em comparação às edições anteriores.

Jessica Marinzeck, brand ambassador & sommelière na Evino, também será uma das juradas desta 9ª edição e avalia como muito importante o momento atual do mercado. “Apesar das adversidades óbvias, as estatísticas mostram que os brasileiros estão dando mais oportunidade ao vinho nacional e percebendo a qualidade dos rótulos nacionais”. Jéssica enfatiza que a exemplo da GP Vinhos do Brasil, é preciso mais profissionais de qualidade tratando e fomentando o valor do vinho nacional, assim como premiando os profissionais que fazem a diferença em nosso mercado. “Fico bastante feliz com esse movimento que tenho certeza de que só tende a crescer e estou bastante empolgada com a degustação que está por vir da GP Vinhos do Brasil. Ainda não provei nenhum vinho da tão falada safra 2020, mas tenho certeza de que estamos falando de vinhos incríveis e não vejo a hora de poder averiguar essa qualidade”.

Em sua primeira edição, em 2012, o certame recebeu 284 amostras de vinhos de 46 vinícolas, atingindo em 2019 seu o recorde absoluto de 1072 amostras, com números auditados, sendo 1034 vinhos e 38 sucos de uva, de 122 vinícolas. Na edição de 2020, além de as vinícolas terem a oportunidade de já apresentarem alguns produtos desta safra, considerada a melhor de todos os tempos, o número de categorias ganha mais quatro novidades: o espumante tinto, e três classes de Orgânicos/naturais/biodinâmicos: tintos, brancos e espumantes.

Cristiana Beltrão, proprietária do restaurante Bazzar, indica que o momento, apesar do Coronavírus, é um dos mais importantes para o mercado nacional, visto que o consumidor local está no seu momento de maior interesse histórico, de um lado por conta do crescente investimento em qualidade e divulgação da indústria nacional, e de outro por conta do câmbio altamente desfavorável aos importados. “Minha expectativa para a degustação é imensa, não só pelas notícias de vários produtores a respeito das safras, quanto pela quantidade de novos produtores e regiões, que adoraria conhecer melhor, por meio de seus vinhos”, destaca. Cristiana avalia a GP Vinhos do Brasil como uma prova de referência, visto que tanto quem conhece e estuda vinhos quanto o consumidor iniciante olham para o evento como um fórum confiável de avaliação dos produtos nacionais. “A GP Vinhos do Brasil ganha força e credibilidade a cada edição e em 2020, especificamente, dada a entrada de vinhos naturais (tendência global), acredito que os produtores que antes trabalhavam somente esse produto para um nicho, podem ver retornados seus investimentos em qualidade, quebrando tabus, graças à diversidade e credibilidade do painel de julgadores”.

 

Conheça os apoiadores da 9ª GP Vinhos do Brasil

Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos Espumantes Sucos e Derivados (Afavin), localizada em Farroupilha (RS); Associação Gaúcha De Vinicultores (Agavi), situada em Flores da Cunha (RS); Associação de Produtores de Vinhos dos Altos Montes (Apromontes), fixada em Flores da Cunha (RS); Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), sediada em Bento Gonçalves (RS); Associação Vinhos da Campanha, estabelecida na fronteira Oeste do RS; Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), situada em Pinto Bandeira (RS); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Uva e Vinho), localizada em Bento Gonçalves (RS); Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul (Fecovinho), fixada em Farroupilha (RS); Sindicato da Indústria do Vinho de São Roque (Sindusvinho), com sede em São Roque (SP); Sindicato da Indústria do Vinho, do Mosto de Uva, dos Vinagres e Beb. Derivados da Uva e do Vinho do Estado do Rio Grande do Sul (Sindivinho), sediada em Caxias do Sul (RS); Sindicato da Indústria do Vinho no Estado de Santa Catarina (Sindivinho), instalada em Videira (SC); União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), com sede em Bento Gonçalves (RS); Vinhos de Altitude, instalada em São Joaquim (SC); Instituto do Vinho do Vale do São Francisco (Vinhovasf); e Associação Nacional de Produtores de Vinhos de Inverno (Anprovin), localizada em Caldas (MG).

 

Selo e premiação

A novidade da edição 2020 será a divulgação dos grandes vencedores logo após a conclusão da GP Vinhos do Brasil 2020, em evento no dia 31 de outubro, consagrando a abertura do Rio Wine and Food Festival 2020.

 

Sobre o Grupo BACO Multimídia

O Grupo BACO Multimídia, idealizador e organizador da Grande Prova Vinhos do Brasil, é uma empresa de comunicação, consultoria e inteligência de mercado que tem na geração de conteúdo e nos eventos sua plataforma de atuação. É responsável pela edição da revista BACO, do Anuário Vinhos do Brasil, entre outros produtos editoriais, além de uma série de eventos no Brasil e no exterior. Destaque para o Rio Wine and Food Festival, que vem sendo realizado há sete anos na cidade do Rio de Janeiro.

 

Conheça quem serão os jurados

1 – Alexsander de Oliveira – sommelier chefe do Grupo Claude Troisgros

2 – Beto Duarte – jornalista de vinhos e documentarista, São Paulo

3 – Bruno Vianna – Presidente SBSomm, e Dip WSET, de Campinas

4 – Cristiana Beltrão – proprietária do restaurante Bazzar

5 – Daene Tenório Costa – certificada ISG e WSET, embaixadora WSET em Recife

6 – Danio Braga – chef e sommelier, fundador da ABS Brasil

7 – Deise Novakoski – jornalista e consultora em vinhos

8 – Ed Arruda – sommelier chefe do Copacabana Palace

9 – Eder Heck – gerente e sommelier do restaurante Mr Lam

10 – Fernando Lima – blogueiro e diretor da ABS-Rio

11 – Gilvan Passos – consultor e autor de livros, WSET e ISG, de Natal-RN

12 – Homero Sodré – embaixador de Bordeaux no Brasil (CIVB)

13 – Humberto Carcamo – enófilo e ex-proprietário de importadora

14 – Ivo Arias – sommelier do restaurante Bazzar

15 – Jéssica Marinzeck – sommelière, Dip WSET, de São Paulo

16 – João Pedro Lamonica – sommelier chefe do restaurante Alloro, da rede Windsor

17 – Jocelyn Sodré – professora de vinhos da Universidade Estácio de Sá

18 – Joseph Morgan Jr. – presidente da ABS Rio

19 – Karene Vilela – CEO da Portuscale Vinhos e Dip WSET, de São Paulo

20 – Luiz Nunes – diretor da ABS-Rio

21 – Maria Helena Tauhata – diretora da ABS-Rio

22 – Pollyana Gomes Dias – Dip WSET, professora ABS Minas

23 – Raphael Zanon – sommelier

24 – Renato Neves – sommelier campeão do Rio Wine and Food Festival 2019

25 – Ricardo Farias – diretor da ABS-Rio

26 – Roberto Rodrigues – professor ABS Rio

27 – Rodrigo Machado – WSET, comentarista de vinhos da Band News Porto Alegre

28 – Rodrigo Moura – sommelier e diretor de profissionais da ABS Rio

29- Tita Moraes – sommelière, com especializações em wine business

30 – Wallace Neves – sommelier e diretor da Sommschool, de Uberlândia

31 – Wandyr Hagge – enólogo e Dip WSET

]]>
Movergs se manifesta contrária ao aumento da alíquota do ICMS https://adrisilva.com.br/2020/10/13/movergs-se-manifesta-contraria-ao-aumento-da-aliquota-do-icms/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=movergs-se-manifesta-contraria-ao-aumento-da-aliquota-do-icms Tue, 13 Oct 2020 12:52:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16694

Movergs se manifesta contrária ao aumento da alíquota do ICMS

Ofício enviado ao governador Eduardo Leite reforça a necessidade de manutenção da atual base de cálculo para a sustentabilidade econômica da indústria moveleira gaúcha

 

A Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs), entidade que representa 2,4 mil empresas no Estado, encaminhou ao governador, Eduardo Leite, ofício manifestando-se a respeito da prorrogação da proposta de mudanças na Reforma Tributária e, consequentemente, de possíveis alterações nas alíquotas do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O documento, assinado pelo presidente da entidade, Rogério Francio, aponta que estimativas da Movergs demonstram que a majoração da base de cálculo do ICMS para a indústria moveleira gaúcha a partir de janeiro de 2021 elevaria em aproximadamente R$ 100 milhões os já exorbitantes custos tributários, ou seja, haveria um aumento dos custos na ordem de 1,5% do faturamento.

O dirigente ainda lembra as inúmeras adversidades que os moveleiros têm vivenciado nos últimos cinco anos, uma das piores crises da história. “Se não bastasse a lenta recuperação da histórica crise econômica de 2015/16, a pandemia fez com que o nível de produção e de empregos recuassem para patamares de mais de 15 anos. Portanto, um aumento de 6% (de 12% para 18%) na alíquota seria desastroso nesse momento, penalizando ainda mais o empresário gaúcho, seus negócios e, por consequência, levando incerteza a mais de 40 mil trabalhadores”, defende.

Outra preocupação apontada no ofício refere-se ao fato de que caso haja alteração na base de cálculo do ICMS ocorrerá perda de competitividade, principalmente em relação aos estados de Santa Catarina e Paraná, os quais, pelos benefícios fiscais que possuem, acabariam vendendo muito mais aos nossos lojistas, causando queda de produção, diminuição do faturamento e certamente muitas demissões. “O setor moveleiro gaúcho é a favor da Reforma Tributária, e sempre buscou o diálogo, mas reforça posição contrária ao aumento de tributos e mais uma vez reivindica que todas as partes da sociedade interessadas possam ser ouvidas, favorecendo, dessa forma, oportunidades de mais renda, empregos e, consequentemente, garantindo uma economia mais forte”, reforça Francio.

]]>
Sebrae RS subsidiará 50% das inscrições para quinta e sexta turmas do FIMMA Inova https://adrisilva.com.br/2020/10/09/sebrae-rs-subsidiara-50-das-inscricoes-para-quinta-e-sexta-turmas-do-fimma-inova/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=sebrae-rs-subsidiara-50-das-inscricoes-para-quinta-e-sexta-turmas-do-fimma-inova Fri, 09 Oct 2020 13:04:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16706

Sebrae RS subsidiará 50% das inscrições para quinta e sexta turmas do FIMMA Inova

Profissionais liberais ou empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, localizadas no Rio Grande do Sul, poderão se beneficiar do desconto. Quatro turmas já foram formadas e seus integrantes estão experenciando os conteúdos personalizados

 

Iniciado há pouco mais de um mês, o FIMMA Inova confirma uma nova parceria para o fechamento da quinta e sexta turmas. O Sebrae RS subsidiará 50% das inscrições de profissionais liberais ou empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. Com a cooperação, o benefício pode ser usufruído por profissionais de todo o estado do Rio Grande do Sul.

De acordo com o presidente da FIMMA Brasil, Euclides Rizzi, para as demais regiões do País, as negociações estão avançadas para novas parcerias nesse mesmo formato, estendendo o benefício a outros profissionais da federação. “Em breve teremos mais novidades e provavelmente abriremos novas turmas”, comemora Rizzi com o sucesso da iniciativa.

O FIMMA Inova já reúne mais de 100 profissionais, entre produtores, fornecedores, prestadores de serviços do setor moveleiro, direcionado a empreendedores, executivos, gestores e profissionais liberais ligados de alguma forma à cadeia de madeira e móveis, nas cinco turmas fechadas até o momento. Para quem está interessado em participar, as inscrições para a quinta e sexta turmas estão abertas, basta acessar https://www.sympla.com.br/fimma-inova—innovation-business-game-ibg03__923513. A previsão de início da quinta turma é dia 23 de outubro e da sexta turma dia 30 de outubro.

Innovation Business Game (IBG)do FIMMA Inova, é uma escola de inovação 100% online, com conteúdo personalizado, construído com base na realidade organizacional e das equipes, garantindo alta aplicabilidade. O programa de mentoria organizacional, em formato gamificado, com curadoria da Sociedade Brasileira de Desenvolvimento Comportamental (SBDC) terá duração de 140h, dividido em 4 módulos, e promoverá imersões em conhecimento disruptivo e trocas de inovação nas empresas e em toda a cadeia, junto aos melhores profissionais da área de inovação do Brasil.

Para experienciar o conhecimento e ter a necessária mudança de mindset serão realizados desafios pelos times para resolução de problemas reais do segmento, no estilo Hackathon. Os encontros serão realizados por meio de imersões, webinários e mentorias colaborativas com grandes especialistas em inovação e liderança do Brasil.

Os módulos serão divididos por temas: 1 – Leaders: desenvolver o mindset inovador dos líderes transformadores da cadeia, com a construção de times, realização de desafios e resoluções de problemas reais no estilo Hackathon; 2 – Transformação digital, tendência e inovação: sete webinários que terão o objetivo de reconhecer desafios e despertar para novas alternativas de negócios e práticas. Inclui tarefas relacionadas ao Hackathon que estarão ocorrendo em paralelo; 3 – A inovação na prática – contemplará quatro webinários, duas mentorias colaborativas e um painel com a intenção de conhecer os pilares e a metodologia aplicadas da inovação. A tarefa será o desenvolvimento de pesquisa, propósito e experimentação colaborativa; e 4 – Estratégias para inovação – inclui cinco encontros imersivos para reconhecer modelos de negócios, ferramentas e conhecimento para a prática.

A busca por maior conhecimento e a possibilidade de abrir a visão para as tendências mundiais e, sobretudo, como aplicar novos conceitos no negócio, que faz parte da cadeia madeira e móveis, motivaram a diretora da Sandrin Móveis Planejados, Renata Sandrin, a participar do IBG, do FIMMA Inova. Renata ressalta que o maior desafio tem sido relacionar os conceitos ao modelo de negócio já existente e a um novo modelo de negócio, mas acredita que o IBG auxiliará a visualizar formas de aplicar as tendências no negócio já existente ou num novo modelo. “Sem dúvida é um novo olhar, já estou conseguindo aproximar conceitos amplos em pequenas ações na empresa com foco na inovação”, aponta.

Gilson Rigo, diretor da Gomasul Borrachas, de Bento Gonçalves, enfatiza que decidiu encarar o desafio do FIMMA Inova, inicialmente, pelo formato que foi proposto e pela altíssima qualidade dos facilitadores que estão selecionados para a condução desse game. “Obviamente havia uma grande expectativa e que no decorrer de sua realização tem se transformado em entusiasmo, pela forma didática, desafiadora, assertiva e participativa com que os assuntos e dinâmicas foram se desenvolvendo. Mesmo tendo participado de muitos outros cursos e dinâmicas parecidos, de outros segmentos na vida pessoal e profissional, se eu pudesse resumir o FIMMA Inova seria por meio da palavra surpreendente. Eu acredito que podemos avançar muito na nossa carreira profissional e agregar muito, tendo outro olhar sobre a inovação, saindo do conceito apenas tecnológico e indo ao encontro, principalmente, das dores e os anseios de que realmente paga a conta que são os clientes”, relata.

A diretoria da FIMMA Brasil e equipe estão empenhadas em incentivar e apoiar a retomada do mercado, por meio do estímulo de novos negócios e a aproximação de empresas com soluções de lideranças de toda a cadeia produtiva madeira e móveis. Além do FIMMA Inova, que já teve seu início no mês de agosto e segue com o fechamento de turmas em setembro, reunindo em torno de 200 profissionais, entre empreendedores, executivos, gestores e profissionais liberais ligados ao setor, está sendo preparada a feira física, FIMMA Conexões para Negócios, que acontecerá de 26 a 29 de abril de 2021.

O diretor de Inovação da FIMMA Brasil, Giovanni Rodrigues, pontua que em um momento de mercado em que se buscava uma forma de transformar a FIMMA Brasil, em uma feira atemporal e ainda mais relevante, foi concebido o FIMMA Inova. “Um programa que veio para unir todos os elos do segmento moveleiro, e induzir a inovação como uma ferramenta indispensável para o crescimento do setor”. Rodrigues ressalta que o programa iniciou em agosto e já está trabalhando soluções para integração do setor por meio do IBG, o qual vem transformando a visão dos participantes a respeito da importância de uma aproximação dos elos da cadeia. “Como diretor de Inovação da FIMMA e participante do programa, estou muito satisfeito com a profundidade dos conteúdos abordados e metodologia aplicada, o que está proporcionando grande crescimento a todos envolvidos”.

Para mais informações sobre o FIMMA Inova acesse https://conteudo.fimma.com.br/fimmainova

]]>
Artali e holandesa Ventura Systems selam parceria para o desenvolvimento de negócios no mercado latino-americano https://adrisilva.com.br/2020/10/07/artali-e-holandesa-ventura-systems-selam-parceria-para-o-desenvolvimento-de-negocios-no-mercado-latino-americano/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=artali-e-holandesa-ventura-systems-selam-parceria-para-o-desenvolvimento-de-negocios-no-mercado-latino-americano Wed, 07 Oct 2020 12:30:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16685

Artali e holandesa Ventura Systems selam parceria para o desenvolvimento de negócios no mercado latino-americano

Indústria gaúcha começa a atuar na venda, suporte e assistência técnica do principal fornecedor global de sistemas de portas inovadoras e de alta qualidade para ônibus de transporte público

 

A indústria de transporte público avança em um ritmo acelerado. A emissão zero, a eletrificação de frotas de ônibus, a modernização e a segurança são apenas alguns dos temas atuais que chamam a atenção de governos e operadoras. Ciente dessa crescente demanda, a Artali Inteligência em Projetos Metalmecânicos, com sede em Caxias do Sul (RS), acaba de concluir parceria com a holandesa Ventura Systems, fornecedor global de sistemas de portas inovadoras e de alta qualidade para ônibus de transporte público.

A cooperação entre as marcas, selada neste mês de setembro, por intermédio da CBW – Importação e Exportação Empresarial, permitirá um trabalho conjunto no desenvolvimento de negócios, vendas, suporte a projetos e a instalação e serviços de pós-venda para o mercado latino-americano. Por meio da parceria, os fabricantes e operadores de ônibus da América Latina se beneficiarão por meio dos Produtos da Ventura que foram desenvolvidos para melhorar o fluxo de passageiros, otimizar o espaço interno além de dar mais segurança e durabilidade.

Líder no fornecimento de componentes e peças para portas para a indústria de ônibus na América Latina há mais de 40 anos, a Artali é fornecedora oficial dos principais fabricantes de ônibus desse mercado. Além de fabricar sistemas de portas, a Artali produz sistemas de abertura de bagageiros pneumáticos com o inovador dispositivo de segurança de antiesmagamento, dobradiças diversas, alavancas de emergência, sistemas de movimentação de estepes, sistemas de abertura de escotilha e todas as peças de reposição para esses produtos.

Clodoaldo Fonseca, diretor da Artali, ressalta que a negociação foi iniciada há 18 meses com visitas em ambas as empresas e que a parceria é extremamente importante, visto que a Artali traz para o Brasil produtos inéditos de uma das maiores e com mais qualidade nesse segmento no mundo, com homologações internacionais. “Temos consciência que estamos trazendo soluções importantes para o mercado latino-americano, inclusive em questões como carros elétricos e padrões europeus de transporte. Trata-se de produtos de valor agregado, acesso a tecnologias que não tínhamos. Acreditamos que em um ano teremos um volume importante de negócios para esse mercado”, comemora.

Com a parceria, a Ventura, que possui duas fábricas, uma na Holanda e outra nos Estados Unidos, entra definitivamente no mercado da América Latina. De acordo com Jan Barkmeijer, diretor Global de Vendas, na América Latina, a exemplo de muitas outras regiões, há uma demanda crescente pelos sistemas de portas da marca, assim como necessidade por suporte de projeto, suporte de vendas, pós-venda e disponibilidade de peças de reposição. “Por meio da parceria, os fabricantes e operadores de ônibus da América Latina se beneficiarão com os produtos da Ventura que foram desenvolvidos para melhorar o fluxo de passageiros, otimizar o espaço interno além de dar mais segurança e durabilidade”.

 

Linha de produtos

A linha completa de produtos da Ventura Systems estará disponível: portas Inward Gliding, portas Plug-Sliding, porta Rapid-Sliding. Todos os sistemas de portas estão disponíveis nas versões pneumática e elétrica.

 

Primeira feira juntos

A Ventura Systems e a Artali já confirmaram presença na Lat-Bus – Feira Latinoamericana do Transporte -, que acontecerá de 18 a 20 de maio de 2021, em São Paulo. As marcas estarão expondo pela primeira vez em conjunto, em um único estande, momento em que terão a oportunidade de mostrar ao público visitante as tecnologias disponíveis para o mercado da América Latina.

]]>
Em seu livro de estreia Volnei Canônica aborda as perdas https://adrisilva.com.br/2020/10/05/em-seu-livro-de-estreia-volnei-canonica-aborda-as-perdas/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=em-seu-livro-de-estreia-volnei-canonica-aborda-as-perdas Mon, 05 Oct 2020 19:35:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16654

Em seu livro de estreia Volnei Canônica aborda as perdas

“Tanta chuva no céu” narra a história de uma menina que precisa reinventar seu mundo partindo da ausência, um tema mais que pertinente em tempos de perdas familiares e sociais

 

“Acordou só. A porta não se abriu. A voz do pai chamando para a escola não foi mais ouvida”, as primeiras palavras de Tanta chuva no céu (Editora do Brasil), livro de estreia do especialista em literatura infantil e juvenil e presidente do Instituto de Leitura Quindim, Volnei Canônica, retratam os desafios que a menina precisará enfrentar para redescobrir a vida e iniciar um novo ciclo. O livro foi escolhido na última quinta-feira (01/10), um dos 14 melhores novos livros lançados para a infância e juventude, pela Revista Quatro Cinco Um, um veículo especializado em literatura.

A ideia do livro surgiu em uma viagem de avião, quando Volnei se deparou com a chuva batendo na janela da aeronave. Ele pegou o celular e a história nasceu. O autor, que gosta de escrever sobre assuntos que muitas vezes estão escondidos, acredita que o triste e o alegre e outros sentimentos estão presentes desde os primeiros dias de vida.

“É necessário falar com as crianças, sobre temas muitas vezes delicados, como as perdas. As dores do mundo atravessam a infância com a mesma força que atravessam os adultos. A perda não é somente a morte de alguém querido, próximo. Afinal, quanto todos nós perdemos somente neste ano?! O livro é uma possibilidade de iniciar um diálogo de forma poética, cheia de vazios, para os pequenos leitores preencherem com os seus sentimentos.”, acredita Volnei.

A narrativa sensível e tocante contrapõe com os traços fortes e de cores vibrantes, do ilustrador equatoriano, Roger Ycaza.  Em seu primeiro trabalho no mercado brasileiro, ele usou quatro cores, em acrílico e pincel seco, para traduzir a história. “Este livro é muito especial para mim. Ao mesmo tempo que foi um desafio ilustrar esta história, cheia de nostalgia e esperança, também foi um prazer realizar essa jornada com meu querido amigo Volnei”, afirma Ycaza.

A apresentação do livro foi feita pelo escritor e ilustrador Roger Mello, vencedor do Prêmio Internacional Hans Christian Andersen. No texto, Mello conta que “Tanta chuva no céu é um poema em voz alta, no escuro, a sós. Um poema a sós é como uma dança. E essa aqui é uma dança entre palavra e imagem, entre o dentro e o fora. Então, entre no livro. Impressionante ver como os dois textos, de Volnei Canônica e de Roger Ycaza se afastam e se unem para dar voz a um pensamento. Uma menina que precisará inventar seu mundo a partir da falta. E a falta é uma presença muito grande. E dói nas pequenas coisas.”

O livro já está disponível na plataforma de vendas da editora, no link https://bit.ly/3jkhBjJ .

Sobre o Quindim

O Instituto de Leitura Quindim nasceu em 2014 com o nome de Centro de Leitura Quindim e, inaugurou sua sede física em 2018 a partir de um desejo do idealizador Volnei Canônica, de formatar um espaço democrático onde crianças, jovens e adultos pudessem ter acesso à literatura infantil e juvenil de qualidade, além de conteúdos teóricos sobre esse universo. Empréstimo de livros, contação de histórias, exposições, encontros com autores e lançamento de livros, cursos, seminários, curadorias, assessoria de eventos literários e oficinas, são algumas das atividades gratuitas ou com custo acessível, disponíveis no instituto tanto para agendamento com grupos escolares e universitários, quanto para a comunidade em geral.

]]>
Microempa será posto principal de extensão do Exporta-RS em Caxias do Sul https://adrisilva.com.br/2020/10/05/microempa-sera-posto-principal-de-extensao-do-exporta-rs-em-caxias-do-sul/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=microempa-sera-posto-principal-de-extensao-do-exporta-rs-em-caxias-do-sul Mon, 05 Oct 2020 14:06:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16640

Microempa será posto principal de extensão do Exporta-RS em Caxias do Sul

O Núcleo Setorial de Negócios Internacionais, o MICROEX, da Microempa já é referência no estado no acesso de micro e pequenas empresas ao mercado internacional. Agora, em reconhecimento a essa expertise, a Microempa passa a ser também o posto principal de extensão do programa Exporta-RS em Caxias do Sul. Serviço que começa a ser oferecido já próxima terça-feira (6). O termo de cooperação da parceria público-privada entre Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Prefeitura de Caxias do Sul e entidade foi assinado na tarde desta segunda-feira (5), em evento que contou com a presença do Governador Eduardo Leite, por videochamada, do secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado, Rodrigo Lorenzoni; do prefeito de Caxias do Sul, Flávio Cassina; do Secretário Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego, Gilnei Garcia Lafuente; e da presidente da Microempa, Luiza Colombo Dutra; e demais autoridades e lideranças municipais.

O Termo Assinado nesta segunda-feira, Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, faz parte do plano de descentralização da iniciativa e cria um balcão do programa na entidade, para oferecer, sem custo, às empresas de Caxias do Sul e região informações e estudos de mercado com destinos potenciais para seus produtos, facilitando o acesso dessas empresas ao mercado internacional. O município foi escolhido para receber o posto piloto devido à alta procura de empresas locais no balcão do programa em Porto Alegre. Somente no último ano, das 400 empresas que procuraram o posto do Exporta-RS na capital, 15% eram de Caxias do Sul. Além do posto principal, um ponto de atendimento também funcionará na Prefeitura de Caxias do Sul, junto à Sala do Empreendedor, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico.     “Para a Microempa, sediar um posto de extensão do Programa Exporta RS valoriza o trabalho realizado pelo Núcleo Setorial de Negócios Internacionais, o MICROEX, que desde 2016 vem ajudando empresários a se preparar para acessar o mercado externo. Nosso objetivo como entidade é representar as micro e pequenas empresas e contribuir efetivamente para o desenvolvimento das MPE e do MEI” explica a presidente da Microempa, Luiza Colombo Dutra, ao comentar a importância da parceria para as empresas da região.

“Essa parceria contribui fortemente para todas as empresas da região que querem desenvolver uma cultura exportadora. Nesse período de pandemia ficou evidente a necessidade de elas estarem presentes em diversos mercados. Trata-se de uma excelente oportunidade para o fortalecimento das micro e pequenas empresas que representam mais de 98% da economia nacional”, complementa.

Sobre o programa

O Programa Exporta-RS, desenvolvido pelo Governo do Estado desde 2016, auxilia empresas na prospecção de novos mercados. Entre os objetivos, está a ampliação e a consolidação de empresas gaúchas no mercado internacional, em especial micro, pequenos e médios empreendimentos. Até esta segunda-feira (5), o programa contava com apenas um posto de atendimento físico, localizado em Porto Alegre, para todo o estado.

]]>
Prataviera promove Ação Social do Mês da Criança com Ong Sonhar Acordado e loja Pingo de Gente https://adrisilva.com.br/2020/10/02/prataviera-promove-acao-social-do-mes-da-crianca-com-ong-sonhar-acordado-e-loja-pingo-de-gente/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=prataviera-promove-acao-social-do-mes-da-crianca-com-ong-sonhar-acordado-e-loja-pingo-de-gente Fri, 02 Oct 2020 12:58:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16700

Prataviera promove Ação Social do Mês da Criança com Ong Sonhar Acordado e loja Pingo de Gente

Até dia 31 de outubro, quem doar brinquedos, material escolar e livros na loja ganhará 10% de desconto na próxima compra

 

No mês dedicado aos pequenos, o Prataviera Shopping promove a Ação Social do Mês da Criança em parceria com a Associação Sonhar Acordado Caxias do Sul e a loja de roupas infantis Pingo de Gente, localizada no térreo do empreendimento. Qualquer pessoa que quiser contribuir com a doação de brinquedos, material escolar e livros, novos ou usados em boas condições de uso, poderá se dirigir até a loja e deixar no ponto de coleta, de segunda a sábado, das 9h às 19h. Automaticamente ganhará 10% de desconto na próxima compra acima de R$ 100,00 feita na loja até o dia 31 de outubro. As doações receberão todos os cuidados necessários e serão entregues ao longo do mês de outubro.

A parceria entre Prataviera, Pingo de Gente e Ong Sonhar Acordado faz sua estreia em 2020. A Sonhar Acordado é parte de uma organização internacional sem fins lucrativos, que propõe a formação integral do ser humano, como forma de transformar a sociedade. Por meio do voluntariado, desde 2003, a ONG realiza na cidade festas de Natal para crianças em vulnerabilidade social e outros projetos, como Superação e Amigos Para Sempre, voltados ao atendimento de comunidades carentes, e com foco em crianças e adolescentes. Fundada no México, em 1998, na cidade de Monterrey, no Brasil atua desde 2001 em 13 cidades. Hoje, são 83 filiais em 14 países.

Para Júlia dos Reis Barcelos, integrante da equipe coordenadora da ONG Sonhar Acordado Caxias do Sul, nesse ano atípico, as atividades que sempre foram focadas na interação direta das crianças com os voluntários, tomaram um rumo diferente. “Contar com novos parceiros, e nos reinventarmos nessa nova fase, foi de extrema importância para que mantivéssemos nossos valores vivos e ativos da melhor forma possível. Nossa gratidão ao Prataviera Shopping e à loja Pingo de Gente por nos apoiarem nessa data tão importante para as crianças, em meio a esse momento ímpar. Obrigada por sonharem com a gente, vocês fazem a diferença pra que nós possamos continuar sonhando”.

 

WhatsApp de contato do Prataviera

 

O Prataviera está ainda mais próximo do seu público, agora com um novo canal de comunicação: o WhatsApp. Os clientes interessados podem entrar em contato por meio do número (54) 99953-1669 para esclarecer dúvidas e também obter informações sobre lojas e ações do empreendimento.

]]>
Chega a Osório forno crematório que será instalado ao lado do Cemitério N. Sra. da Conceição https://adrisilva.com.br/2020/09/29/chega-a-osorio-forno-crematorio-que-sera-instalado-ao-lado-do-cemiterio-n-sra-da-conceicao/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=chega-a-osorio-forno-crematorio-que-sera-instalado-ao-lado-do-cemiterio-n-sra-da-conceicao Tue, 29 Sep 2020 17:31:00 +0000 https://adrisilva.com.br/?p=16619

Chega a Osório forno crematório que será instalado ao lado do Cemitério N. Sra. da Conceição

Investimento total será R$ 3 milhões, o que inclui duas salas velatórias e cerimonial de despedida. Previsão de início as operações é abril de 2021

 

No final de semana, chegou a Osório o forno crematório que será instalado em uma estrutura já iniciada às margens da Estrada do Mar, ao lado do cemitério municipal N. Sra. da Conceição, com área construída de 867 metros quadrados em um espaço total de 3.217 m². A administração ficará por conta do Grupo L. Formolo, empresa gaúcha, com matriz em Caxias do Sul, que prevê para dezembro a conclusão da estrutura e abril de 2021 o início das operações. O equipamento, importado dos Estados Unidos, custou cerca de R$ 1 milhão e possui capacidade efetiva de cinco cremações dia.

No total, serão investidos R$ 3 milhões para a construção da sala de cremação, e duas salas para velório e cerimonial de despedida. Além disso, pelo contrato de concessão o Grupo L. Formolo compromete-se após o início das operações a fornecer para a prefeitura 5% de operações gratuitas para a cremação de pessoas em situação de vulnerabilidade social. O contrato prevê ainda que ao seu final, todos os investimentos realizados, bem como a construção e equipamentos instalados, fiquem para o município.

De acordo com a direção do Grupo L. Formolo, após a conclusão da obra alguns trâmites precisarão ser seguidos junto à Fepam, assim como testes de queima, análise de emissões, até o início efetivo das operações em abril do próximo ano. “A comunidade será muito beneficiada com o crematório, visto que o contrato com o município prevê que a concessionária realize o equivalente a 5% do número de cremações gratuitamente às pessoas em vulnerabilidade social, de acordo com os critérios estabelecidos em Lei”, destaca Mateus Formolo.

 

Grupo L. Formolo

Fundado em 1971 por Laurindo Luiz Formolo, o Grupo L. Formolo conta com seis unidades de atendimento funerário, o Crematório São José de Caxias do Sul, o Cemitério Parque Santa Rita e o Cemitério São José, ambos em Santa Maria, e mais de 40 capelas velatórias instaladas nas suas cidades de atuação. O grupo conta com aproximadamente 150 funcionários.

Nesses 49 anos de história sempre primou pela inovação e qualidade dos serviços prestados, evoluindo em conceito e infraestrutura com o objetivo de disponibilizar um ambiente de muita paz e um atendimento adequado ao momento.

Entre os líderes de mercado no Rio Grande do Sul, o Grupo L. Formolo oferece serviços funerários, cemiteriais e de cremação e está presente em quatro cidades da Serra Gaúcha (Caxias do Sul, sua sede, Bento Gonçalves, São Marcos, Farroupilha) e há três anos em Santa Maria, na região Central do Estado.

]]>